Cadastre-se

Marketing de Conteúdo

Marketing de Conteúdo – Inbound Marketing

É bastante comum quando iniciamos no marketing de conteúdo, perseguimos métricas de vaidade. Ficar comparando a audiência e números de seguidores da concorrência, e achar que isso é o mais importante.

Um estudo diz que se os seus seus seguidores forem reais, você pode conseguir rentabilizar em torno de R$10,00 por ano, com cada um deles.

1.000 fãs fiéis

Mais importante do que a quantidade é a qualidade da interação dos seus fãs com você ou sua marca. Supondo que você quer vender um produto super nichado. Se você tiver 1 cliente para 1 milhão, mesmo assim você vai tem 7.000 pessoas interessados em seu produto.

Seja você mesmo no marketing digital

Mark Manson, autor do livro “A sutil arte de ligar o foda-se” diz que pra você ser incrível para um grupo de pessoas, você tem que parecer um idiota para outros. O que ele quer dizer com isso é que você precisa ficar confortável com o que você faz. Sempre vai ter pessoas que não vão gostar de você ou do que você faz.

O jogo do longo prazo no marketing digital

Você precisa aprender a jogar o jogo do longo prazo. Construir uma carreira sustentável é mais importante do que uma fórmula mágica para ter resultados imediatos. Conseguir rentabilizar a sua paixão, só faz sentido se for a longo prazo.

Como criar um fluxo de fãs que gerem tráfego para o seu negócio?

O marketing de conteúdo é a base para criação de negócios online. Você precisa criar uma linha editorial focada em 4 pilares:

  1. O que você vende?
  2. Quanto você quer faturar?
  3. Qual a sua proposta única de valor?
  4. Como trabalhar o volume, profundidade e distribuição?

O que você vende?

Pense no que você vende, e em quais benefícios do seu negócio. Como por exemplo: Eu vendo Marketing Digital. Os benefícios são: liberdade financeira, liberdade geográfica e liberdade de tempo.

Quanto você quer faturar?

Depois que você definir o primeiro pilar, você pode definir a esteira de produtos que serão ofertados e seus respectivos valores. Exemplo:

Esteira de Produtos

Comunidade: ($19,70), curso online: ($97,00) e mentoria: ($497,00).

Depois disso você desenha um faturamento anual estimado, com uma quantidade específica de clientes em cada produto.

Faturamento Estimado

Comunidade: 1.000 clientes ($19.700), curso online: 100 clientes ($9.700) e mentoria: 10 clientes ($4.970).

Uma dica para quem está começando e ainda não tem esteira de produtos, é pensar em um único produto. Tem um conceito que poucas pessoas sabem, é que se existir mil pessoas dispostas a pagar mil reais em um produto seu, tem outras 200 dispostas a pagar 4 mil , e ainda outras 40 disposta a pagar 16 mil reais. Pense nisso na hora de criar um produto.

Qual a sua proposta única de valor?

A sua proposta única de valor é o que vai te diferenciar dos demais. Ela dever ser congruente com o que você vende. Se você comparar um profissional liberal ou um dono de um pequeno negócio, que sabe utilizar as redes sociais, verá que o resultado dele vai ser muito melhor, do que o outro que não saiba usar essa mídia.

Todas as profissões utilizam a comunicação. As pessoas compram de pessoas que corroboram com as suas crenças, por isso parte do seu marketing digital é deixar claro isso para a sua audiência.

Como trabalhar o volume, profundidade e distribuição?

O volume está ligado a quantidade de postagens e conteúdos que serão divulgados diariamente em cada uma das mídias. Defina uma meta que faça sentido para o seu negócio.

Vale a pena ter um blog?

O blog dá resultado a longo prazo e talvez por isso seja tão negligenciado pela maioria das pessoas. Pense nisso: um artigo que você escreveu anos atrás, pode gerar tráfego orgânico para o seu blog até hoje. Quanto você gastaria para gerar tráfego pago para o seu blog?

Conclusão

  • Quando criar um conteúdo, pense sempre no que isso vai ajudar quem está consumindo ele na prática.
  • Você precisa aprender como conversar com a sua audiência no um pra um.
  • Pense na sua persona, com alguém que vai passar pela transformação que você passou.
  • A melhor coisa que você pode fazer pelo seu público é ajudar a eles comprar o melhor artigo que tem, o “tempo”.
  • Pense que se você tiver disposição de aprender e estudar, basta um celular e uma conexão com a internet.
  • Nada do que você vai fazer no marketing digital é de longe parecido com ciência espacial, na verdade são coisas bem simples e que qualquer um com inteligência mediana pode fazer.

E ai, gostou do conteúdo? Escreva na caixa de comentários abaixo.

About Author

Marcos

Empreendedor e docente, é formado em Marketing, especialista em Gerenciamento de Projetos pelo IETEC, MBA em Gestão de Negócios pela UNA.

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *